Konica Minolta apresenta conceito ORU-M em evento para clientes finais :: Guia do Gráfico ::
X
Formulário de Contato





Mensagem Enviada

16 de junho de 2014

Konica Minolta apresenta conceito ORU-M em evento para clientes finais

Seminário, organizado na sede da empresa em São Paulo, reuniu clientes usuários da família bizhub PRESS para apresentar o novo conceito, que agiliza a manutenção dos equipamentos e diminui o tempo de parada de máquina

Parla! Assessoria de Comunicação e Jornalismo Empresarial

Aconteceu no dia 11 de junho, na sede da Konica Minolta Brasil em São Paulo, um seminário voltado aos usuários finais da série bizhub PRESS que teve como objetivo apresentar o novo conceito ORU-M, sucesso no Japão, EUA e Europa e que agora passará a ser aplicado pela filial da empresa no país. O evento fez parte da programação do “bizness SHOW” do PP Club (ProductionPrinting Club), lançado pela empresa neste ano.

A apresentação foi realizada por Sean Máximo Silva, analista de marketing da Konica Minolta, e também contou com intervenções de Carlos Cruz, gerente do departamento de operações técnicas da empresa, e Ronaldo Arakaki, gerente de marketing e negócios, que conduziu uma conversa final com os presentes para esclarecimentos de dúvidas.

Agilidade

Basicamente, a proposta do ORU-M é dar agilidade ao processo de suporte e manutenção das impressoras.

Sigla para Operator Replaceable Unit Management, o conceito foi criado e aplicado, com sucesso, pela matriz japonesa e agora chega ao Brasil.

Em termos práticos, a área de suporte treinará os operadores-chave dos equipamentos dentro do ambiente de produção real, permitindo a esse operador realizar intervenções básicas para análise de problemas e soluções que eventualmente ocorram.

“A impressão digital é construída dentro do tripé disponibilidade, flexibilidade e produção sob demanda. Ou seja, tempo, velocidade, poder produzir vários trabalhos em baixas tiragens e curto tempo, é essencial nesse conceito. Sendo assim, máquina parada por problemas técnicos significa grandes perdas para o cliente”, disse Sean.

Dentro do conceito do ORU-M, aspectos como calibração de cores e gerenciamento dos itens de consumo permitirão ao aumento da eficiência produtiva e no aumento do tempo de vida útil da máquina. O treinamento ainda envolverá a substituição de itens dos equipamentos, análise de qualidade de impressão, e outros procedimentos básicos que, ao final, garantirão ao operador treinado um certificado e ao acesso a informações de procedimentos iguais às recebidas pelos técnicos da Konica Minolta.

Ao todo, serão três dias de treinamento com turmas de seis operadores. Esse treinamento também será dividido nas duas áreas de impressão em que atua a Konica Minolta: gráfico e fotográfico.

“Não queremos com o ORU-M transferir a responsabilidade da manutenção para o cliente. Queremos levar para a impressão digital a mesma realidade do mundo offset, no qual muitas vezes o operador compreende o equipamento como um todo e consegue fazer pequenas intervenções. Isso garante agilidade e precisão no suporte técnico quando ele for necessário”, disse Sean. “É mais ou menos como um carro. Você precisa fazer a manutenção periódica na concessionária, porém, há alguns procedimentos que nós, como usuários, podemos e devemos cuidar, como troca de óleo, calibração dos pneus. Isso garante a qualidade e desempenho do veículo. Com a impressora, é o mesmo.”

Os treinamentos do ORU-M estão pautados para iniciar em setembro deste ano, mediante agendamento.







Clique aqui se sua empresa fornece produtos ou presta serviços para gráficas
Clique aqui se sua empresa é uma gráfica.
Anuncie sua EMPRESA | Anuncie MÁQUINAS usadas | Anuncie vagas de EMPREGO