Mercados emergentes contribuem para boa performance da Henkel no segundo trimestre de 2014 :: Guia do Gráfico ::
X
Formulário de Contato





Mensagem Enviada

15 de agosto de 2014

Mercados emergentes contribuem para boa performance da Henkel no segundo trimestre de 2014

Press à Porter Gestão de Imagem

Düsseldorf, 12 de agosto de 2014 – As vendas da Henkel no segundo trimestre de 2014 atingiram 4.137 milhões de euros, 3,5% abaixo do valor registrado no mesmo período do ano anterior. No entanto, o crescimento orgânico de vendas, excluindo o impacto do câmbio e aquisições/desinvestimentos, apresentou aumento de 3,3%.

Após aplicar “one-time” ganhos / perdas e custos de reestruturação do período, o lucro operacional ajustado subiu 2,1%, de 660 milhões de euros para 674 milhões de euros. O lucro operacional (EBIT) subiu para 589 milhões de euros, em comparação aos 607 milhões de euros no primeiro trimestre do ano anterior.

O retorno ajustado sobre as vendas (margem EBIT) teve um forte aumento de 0,9 ponto percentual, de 15,4% para 16,3%. O retorno sobre as vendas de 14,2% alcançou o índice do trimestre do ano anterior.

O lucro por ação preferencial (EPS) subiu de 0,96 euro para 1,02 euro. Após o ajuste, o EPS subiu 8,4%, de 1,07 euro, no segundo trimestre de 2013, para 1.16 euro.

As vendas na região da América Latina somaram 259 milhões de euros, em comparação aos 282 milhões de euros no mesmo trimestre do ano anterior. Entretanto, organicamente as vendas subiram 3,8%, impulsionadas principalmente pelos negócios no México.

’Todas as nossas unidades comerciais relataram crescimento nas vendas orgânicas e melhor rentabilidade, apesar da persistência do ambiente de mercado difícil’’ disse o CEO Global da Henkel, Kasper Rorsted. “Com um forte aumento nas vendas orgânicas, os mercados emergentes, mais uma vez, fizeram uma contribuição acima da média para o crescimento. Os negócios também cresceram nos mercados maduros. Entretanto, o câmbio internacional continuou a ter um impacto negativo significativo nas vendas.”

Com relação ao ano fiscal atual, Rorsted comenta que é esperada uma piora no conflito entre Rússia e Ucrânia e que a persistente instabilidade política no Oriente Médio tenha um impacto negativo no ambiente de mercado. “Portanto, prevemos um crescimento mais lento dos ganhos ajustados por ação preferencial no segundo semestre deste ano, em comparação ao primeiro semestre. Um alto grau de agilidade e flexibilidade continuará sendo um fator essencial para o nosso sucesso, e continuaremos a simplificar e acelerar ainda mais nossos processos e estruturas”, explica o CEO.

Mesmo nesse ambiente desafiador, Rorsted confirmou a previsão para 2014. “Esperamos gerar um crescimento nas vendas orgânicas entre 3% e 5%, que nossa margem EBIT ajustada aumente aproximadamente em 15,5% e que os resultados ajustados por ação preferencial aumentem na ordem de um dígito”.

 

Sobre a Henkel

A Henkel opera globalmente com marcas e tecnologias líderes em três áreas de negócios: Adhesive Technologies, Beauty Care e Laundry & Home Care. Fundada em 1876, a companhia mantém posições de liderança no mercado mundial, tanto nos negócios ao consumidor quanto nos negócios industriais, com marcas de sucesso como Persil, Schwarzkopf e Loctite. A empresa emprega mais de 47 mil pessoas e obteve um faturamento de 16,355 bilhões de euros e lucro operacional ajustado de 2.516 bilhões de euros no ano fiscal de 2013. As ações preferenciais da Henkel são negociadas na bolsa de valores alemã DAX.

 

Sobre a Henkel Brasil

A Henkel está no Brasil há 59 anos e atua nas áreas de Adesivos, Selantes e Tratamento de Superfícies e Beauty Care, com marcas como Cascola, Loctite, Pritt e Schwarzkopf.  A Henkel Brasil conta com mais de 800 profissionais distribuídos nas plantas de Diadema, Itapevi, Jundiaí e Manaus.







Clique aqui se sua empresa fornece produtos ou presta serviços para gráficas
Clique aqui se sua empresa é uma gráfica.
Anuncie sua EMPRESA | Anuncie MÁQUINAS usadas | Anuncie vagas de EMPREGO